sábado, 17 de janeiro de 2009

Violinos, Cello, Rock... Pt. 13 - "Espers"




Nada como o bom e velho Brasil.


Nem tanto. Metade da falta de vergonha na cara que acontece por aqui é justamente pelo fato deste paisínho ainda estar na puberdade.

Nossos políticos sofrem de pura crise de puberdade; birrentos, enfim.


Bom, falo isso por conta do que me aparece ao pesquisar alguma coisinha a respeito deste conjunto; “Espers”


Tem uma banda que curto para caramba chamada “Espers” que iniciou as atividades na Filadélfia, acho que em 2002.


Aí, eu venho e começo a buscar material na net para resenhar algum trabalho deles, digito o nome da banda no Google e o que me aparece? Hein? Hein?? – Esta bizarria aqui: “Ronaldo Esper nú: visão do inferno” – Porra meu, que merda é essa?


Ah, enfim, só comentando com vocês, já que tou morrendo de sono e com um monte de Thinner na cabeça - Estava mexendo em umas telas minhas.


Voltando à banda: Espers, é uma banda bacanuda – que começou como um trio, mas hoje expandiu para um sexteto – que pratica uma espécie de música folk com forte pé calcado na psicodelia dos anos 60, mas em uma roupagem relativamente nova; portanto, de forma alguma soa datado.


A vocalista Meg Baird, tem uma voz sussurrada que se encaixa perfeitamente nesta verdadeira floresta de instrumentos, de uma maneira totalmente sutil, deliciosa mesmo.


E, acreditem, quando digo floresta de instrumentos, realmente EXISTE toda uma fauna e flora instrumental aqui, envolvendo uma porrada de instrumentos aos quais nunca ouvi falar antes... echo plex, crumar toccata, crumar performer, univox mini-korg, arp odyssey, omnichord, doumbeck, dholak, singing bowls e o tal de crybaby.


...e, lá no fundo, você ainda consegue distinguir as linhas de cello da Srta. Helena Espvall, macias, macias...


Coisa morna mesmo, acolhedora.


Link I
Link II


























3 comentários:

superior disse...

gucci vintage
gucci online
gucci fashion
gucci uk
gucci bags

Oggy disse...

Que sorte encontrar assim, por increça que parivel nao apareceu o Ronaldo, mas sim seu blog.
Agradeço muito a postagem desse CD.

Cristiano Augusto de Carvalho disse...

ta tudo ai cara, não seja ranzinho com o seu pais!From Wikipedia, the free encyclopedia
Espers

Espers performing in 2006
Background information
Origin Philadelphia
Genres New folk[1]
Years active 2002–present
Labels Locust Music, Drag City
Associated acts The Valerie Project
Website www.espers.org
Members
Greg Weeks
Meg Baird
Brooke Sietinsons
Otto Hauser
Helena Espvall
Chris Smith
Espers is a psych folk band from Philadelphia that is part of the emerging indie folk scene. They formed in 2002 as a trio of singer-songwriter Greg Weeks, Meg Baird and Brooke Sietinsons but later expanded to a sextet including Otto Hauser, Helena Espvall and Chris Smith. Their music is reminiscent of late-sixties British folk as well as many contemporary folk acts such as Six Organs of Admittance. Most of the band's members have also featured on recordings by a number of other folk artists such as Nick Castro and Vashti Bunyan and as a result have become an important part of the psych-folk revival.
They released their self-titled debut in 2004 on Locust Music and followed that with an album of cover songs, The Weed Tree, in 2005. This release featured the band's versions of songs by artists as diverse as Nico, The Durutti Column and Blue Öyster Cult. In 2006 the band released their third full-length album, II (presumably so called because it was their second album of original material), on Drag City Records. Their fourth album, III, was released on October 20, 2009.